terça-feira, 20 de setembro de 2011

assitente social recém formado

Fico revoltada como os assistentes sociais recém formados, se não passarem logo num concurso, sofrem para serem admitidos num emprego. Em qualquer lugar que vc vá, qualquer "projeto social", sempre tem alguma psicóloga chata (nem todas, só as que me entrevistaram), te julgando o tempo todo, depois, ah, seu currículo é ótimo, mas falta experiência...
Poxaaaaa, então por que cargas dágua, esse povo, não bota logo um aviso:
Só entrevistamos assistentes sociais com experiência!!!
Porque, é uma droga, você sair cedo de sua casa, se encher de expectativas, pra ouvir uma chata, encher o peito de orgulho babaca e falar isso.
Estou revoltadaaa, ou as universidades e faculdades, melhoram o sistema de estágio, preparam melhor o profissional, para que adquira uma certa experiência a partir do segundo ano do curso, ou teremos formandos frustrados, porque são poucos os estágios obrigatórios que ensinam de verdade, pelo menos é o que pude observar na Universidade que me formei!!!!

3 comentários:

Anônimo disse...

pxa, estou pensando em entrar no curso de Serviço Social, mas vejo o quanto é difícil se inserir no mercado de trabalho, e as vagas para concurso não são muitas... estou desanimada, serão anos de esforço e no fim, os assistentes sociais são tratados como "gente caridosa" e não como profissionais gabaritados, e ainda tem q se submeter a ganhar salários humilhantes.... que desgosto

Paula disse...

Estou passando pela mesma situação, estou procurando trabalho desde junho e até agora nada. Aconteceu o mesmo comigo referente às psicólogas...horror!

ELANE, Mulher de fases! disse...

Pois é meninas, isso mesmo, a luta agora é por um piso de 3500 reais, espero q consigamos, tem lugares q pagam de 2 mil pra cima, mas ainda tem muitos salários defasadoss sim...bjooo